Restaurante Ferrugem: onde os sabores regionais se misturam com o conforto, a hospitalidade e o compromisso com a identidade portuguesa

Restaurante Ferrugem: onde os sabores regionais se misturam com o conforto, a hospitalidade e o compromisso com a identidade portuguesa

Ontem foi dia de visitar o Restaurante Ferrugem (@ferrugemrestaurante) do Chef Renato Cunha (@cheferenatocunha) que, sem dúvidas, já causa um certo impacto logo à entrada, em um espaço com traços clássicos na estrutura – um antigo estábulo do séc. XVIII, com mais de 300 anos de história – e moderno, na decoração. Um ambiente agradável e bastante confortável que, como vão poder acompanhar nesse meu relato de experiência, vai repercutir durante todo esse percurso gastronômico. 


Com um atendimento mesmo de conforto nos explicando um pouco da história do espaço e do conceito do restaurante, começamos com uma variedade de pães ainda mornos e que vem em um saco rústico e estilizado com o nome do restaurante, acompanhado de duas manteigas artesanais incrivelmente saborosas. 


Todo esse capricho logo à chegada nos conecta com o espaço e já torna prazeroso o momento, antes mesmo de escolhermos as combinações seguintes para essa experiência que vai se tornando, momento a momento, cada vez mais saborosa.


E logo somos surpreendidos com uma saudação do Chef Renato para nos dar as boas-vindas ao espaço e claro, abrir ainda mais o nosso apetite encapsulado com prazer. E eis que nos aparece o aclamado e tradicionalíssimo caldo verde. Literalmente a beber no copo, o caldo verde do Chef Renato é de um sabor único e super confortável de apreciar. Além de aveludado, sente-se também os sabores do chouriço neste caldo uniforme na textura, mas bastante complexo nos sabores ali presentes. Para acompanhar, uma broa de milho tostada com azeite. Uma maravilha! Sem dúvidas, este foi o melhor caldo verde que já experimentei em Portugal.


Seguimos com algumas entradas em que o Chef Renato faz uma leitura surpreendente de alguns sabores regionais, elevando os sabores dos produtos regionais e dando-lhes a sofisticação devida. Começamos com figos e queijo, tudo regionais, seguido de uma língua de boi com uma compota de nabos. Duas combinações extraordinárias que é difícil colocar em palavras tanto sabor!


E vamos aos pratos principais. Os típicos rojões e uma autêntica posta de boi que explode sabores a cada garfada. Cada um destes, acompanhado de risotos divinais, sendo cada um deles com sabores e combinações diferentes para harmonizar com cada uma das carnes.


Realmente não consigo escolher o melhor prato! Os rojões foi o que mais me surpreendeu tanto pela apresentação e textura diferenciada, quanto pelo seu sabor. A carne de boi explodia de sabor a cada garfada, além da sua maciez que era única.


E depois de toda essa viagem não poderia deixar de experimentar o tributo do Chef ao doce tradicionalíssimo da região, o pudim abade de priscos. Um gelado (sorvete) deste famoso pudim que vem em um copo de gelo e que realmente dá um frescor único a este icônico doce português.


Aceite mais este convite especial que faço exclusivamente a vocês, queridos leitores. No Norte ou para o Norte de Portugal, não deixe de vivenciar está experiência memorável em Portugal. Sente-se à mesa e aprecie essa explosão de sabores e conhecimento no Restaurante Ferrugem, em Portela, Braga.


Uma boa viagem gastronômica para todos!


Victor Barros

Curador Gastronômico Internacional

CEO & Founder, World Cooking Experience (Cook.In)


Restaurante Ferrugem

Endereço: Rua das pedrinhas, 32, 4770-379 Portela, Braga 
Facebook: https://www.facebook.com/ferrugem.restaurante 
Instagram: https://www.instagram.com/ferrugemrestaurante/ 
Site: http://www.ferrugem.pt/ 
Telefone: +351 252 911 700

E-mail: restaurante@ferrugem.pt 

Back to blog

Explore os nossos Roteiros Personalizados

Explore os melhores destinos com a nossa seleção exclusiva de roteiros personalizados.

1 of 5